quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Curso preparatório para pais

Viu... nem demorei tanto assim para voltar!

Esse sábado passado fui fazer o curso preparatório para pais. É um curso que pode ser feito em qualquer momento da gestação, mas a maternidade recomenda que seja feito depois das 25 semanas, porque aí a ansiedade já começa a pegar e o curso ajuda a gente a se preparar para o que vem.

Antes de marcar o curso, conversei com o marido para saber o que ele achava, e ele super topou! Assim como eu, ele também é papai de primeira viagem e acha que a gente precisa se informar para não bater muito desespero quando o bebê chegar.

No e-mail dizia que o curso começava às 8:30, mas pelo jeito o e-mail estava errado, porque quando chegamos lá, já tinha começado. Mas tudo bem... pelo que vi, eles repetiram as mesmas informações que eu já tinha visto na visita à maternidade, então sem problemas.

Durante o curso aprendemos muitas coisas:

  • Desenvolvimento do bebê: Fase a fase, como o bebê cresce no útero, quais as modificações no corpo da mulher.
  • Sinais e sintomas do trabalho de parto: A enfermeira explicou como identificar que estamos entrando em trabalho de parto e em que momento ir para a maternidade (segundo ela, só precisa ir pra maternidade quando as contrações estiverem ritmadas e acontecendo 2 em cada 10 minutos).
  • Tipos de parto e de anestesias: Vimos vídeos de como são feitos o parto normal e a cesárea (mas sem ver os cortes, tá... nada de sangue para não assustar a gente). E também foi explicado como é feita a anestesia para a cesárea e a analgesia para o parto normal (sim, é possível ter parto normal sem dor). Uma coisa legal é que lá eles estão incentivando muito o parto normal!
  • Exames feitos no bebê: Uma pediatra plantonista do hospital explicou cada um dos exames feitos no bebê e qual a importância de cada um deles.
  • Cuidados no pós-parto: Ela explicou o que acontece depois do parto, sobre o sangramento que a gente tem, que tem que ser monitorado, sobre comer depois de parir, sobre tomar banho e as visitas que a gente recebe da equipe médica no quarto.
  • Banho, troca de fraldas, curativo do umbigo: Foi nos passado como será a rotina com o bebezinho, e aprendemos como trocar fraldas e dar banho, usando uma boneca que tem o mesmo tamanho e peso de um recém-nascido.
  • Amamentação: Mostraram os diferentes tipos de bicos e qual tipo de concha ideal para cada um, explicaram a necessidade de ter um sutiã de amamentação, e principalmente, as posições corretas para pegar o bebê para amamentar.
Bom... isso é um resumão do curso. Foram 8 horas de curso, então tem muito conteúdo além do que eu comentei, mas esses são os pontos principais. Se valeu a pena? Eu acho que valeu muito! Voltamos super cansado para casa, com tantas informações, mas acho que são informações que serão úteis para nós quando o Yuri vier.

4 comentários:

  1. Vale muito a pena né?!!

    Bjus

    http://esperando-esperar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ahh q bacana Fran! Penso em fazer também, por enquanto estou só lendo...
    Sobre a maternidade, ainda não sei em qual terei a baby =/
    e só descobrirei no dia! O pediatra que eu e marido estamos sondando só atende na maternidade que fica mais distante da minha casa, estamos botando no papel sobre o que vale mais a pena!

    ResponderExcluir
  3. Oi Fran acabei de conhecer seu blog e já estou seguindo!
    Parabéns pelo meninão!
    Fiz um curso assim e amei,também acho que vale a pena!
    Beijo
    http://www.simplesedoce.com.br/

    ResponderExcluir